Trump pagou mais de cem mil euros para calar ex-atriz pornográfica com quem se terá envolvido

O “The Wall Street Journal” garante que Donald Trump pagou 130 mil dólares (cerca de 107 mil euros) para comprar o silêncio de Stormy Daniels, ex-atriz de filmes pornográficos com quem se envolveu.

Stephanie Clifford, de 38 anos, conhecida no meio da pornografia como Stormy Daniels, terá recebido esta quantia para que não falasse publicamente sobre um alegado encontro sexual entre os dois. A mesma publicação, citando fontes que conhecem o acordo, garante ainda que a transação terá sido feita antes das eleições presidenciais de novembro de 2016 por Michael Cohen, advogado de longa data do presidente dos Estados Unidos da América.

O alegado encontro ter-se-á passado em julho de 2006, confidenciou Stormy Daniels – na altura com 26 anos –, em privado, depois de se conheceram num torneio de golfe de celebridades no Lago Tahoe. A ser verdade, o encontro aconteceu um ano depois de o agora Presidente dos Estados Unidos trocar alianças com a terceira mulher e primeira-dama dos EUA, Melania Trump.

Num comunicado enviado ao jornal norte-americano, o advogado não negou o pagamento, mas disse que Trump “nega mais uma vez veementemente qualquer ocorrência, tal como a Sra. Daniels”. Já o advogado da atriz que supostamente terá participado no acordo, Keith Davidson, não fez comentários, amparando-se no segredo profissional.

O pagamento, segundo a informação do jornal, foi feito por meio de um depósito em uma conta do City National Bank em Los Angeles. O banco também não quis comentar a informação.

TEXTO: Mafalda Carraxis