Ator de “Narcos” sobre o futuro da série: “Se a equipa está em perigo, deve acabar”

Pedro Pascal, que dá vida a Javier Peña na série da Netflix “Narcos”, reagiu à morte de Carlos Muñoz Portal, um produtor da trama assassinado enquanto procurava locais para as gravações da quarta temporada.

O ator chileno americano Pedro Pascal considera que a série “Narcos”, um original da Netflix, deve terminar caso não haja garantias de segurança para a equipa e para o elenco.

Em declarações ao site TMZ, o intérprete, de 42 anos, afirmou: “Não podemos fazê-lo se não for seguro. Estamos a falar de vidas”. O ator acrescenta ainda que caso a plataforma de streaming queira prosseguir com as gravações, deverá “arranjar uma maneira segura” de o fazer.

Carlos Muñoz Portal, de 37 anos, foi assassinado na zona de Hidalgo, uma das mais perigosas do México, a 11 de setembro, enquanto procurava locais para as gravações da quarta temporada, que deverá focar-se na evolução do cartel de Juárez, no México.

TEXTO: Alexandre Oliveira Vaz