Ricardo Araújo Pereira vai trabalhar no Brasil

Foto: Jorge Amaral/Global Imagens

TEXTO: Ana Filipe Silveira

Ricardo Araújo Pereira foi convidado por um jornal brasileiro para integrar o seu leque de cronistas. A estreia do humorista acontece na próxima sexta-feira.

Ricardo Araújo Pereira continua a dar cartas no humor e, desta vez, vai escrever para os cidadãos do outro lado do Atlântico. O humorista foi convidado a assinar semanalmente uma crónica na “Folha de São Paulo”, na mesma altura em que este diário brasileiro anuncia duas outras entradas no painel de colaboradores – Reinaldo Figueiredo e Marcius Melhem. Gregorio Duvivier e José Simão mantêm-se na equipa de cronistas.

O humorista português verá os seus textos publicados todas as sextas-feiras na secção “Ilustrada”. Ao “Folha de São Paulo”, Araújo Pereira admitiu as dificuldades que tem na escrita de humor para o papel. “O meu objetivo é fazer rir, e fica mais fácil na TV, [porque] tenho as imagens. Na rádio, tenho a minha voz para explorar. No jornal são apenas as letras, umas seguidas das outras”, disse.

O humorista aproveitou ainda para brincar com a situação política atual do Brasil: “Já acompanho a vida no Brasil, que me parece uma espécie de Portugal multiplicado por 20, o que é ótimo para as coisas boas e péssimo para as coisas ruins. Nós temos corrupção, claro, mas é uma coisa amadora. O Brasil é excessivo em tudo.”

Ricardo Araújo Pereira mantém-se ao serviço do programa “Governo Sombra” (TVI24 e TSF) e da rubrica da Rádio Comercial “Mixórdia de Temáticas”, que regressa no dia 26 de abril.