“Rockeira” de 10 anos vence “Got Talent” dinamarquês

A carregar vídeo...

TEXTO: Alexandre Oliveira Vaz

Com apenas 10 anos de idade, Johanne Astrid Poulsen conquistou o público dinamarquês ao tocar bateria ao som de bandas de influência rock e heavy-metal. Levou para casa 35 mil euros.

Poderia, à semelhança das crianças da sua idade, brincar às bonecas e sonhar em ser uma princesa, mas Johanne Astrid Poulsen foge completamente à norma. A menina de 10 anos prefere dedicar-se à bateria, que toca desde os seis, e as suas influências musicais são, também elas, curiosas: rock e heavy metal. Foram este conjunto de características que permitiram Poulsen vencer a terceira edição do “Got Talent” dinamarquês.

Ao longo das várias fases do programa, Johanne foi seduzindo o júri e os espetadores ao acompanhar na bateria temas de bandas como Led Zeppelin ou Rage Against the Machine. Na sua primeira audição, conquistou o leque de jurados e o público presente no auditório ao som de “Killing in the Name of” da banda norte-americana liderada por Zack de la Rocha. Poulsen chegou inclusivamente, durante a sua interpretação, a emitir um som gutural, característico deste estilo de música.

Na final, Johanne Poulsen continuou fiel a si mesma e voltou a tocar bateria ao som de uma música rock, mas desta vez escolheu a banda dinamarquesa D-A-D, o que lhe permitiu levar para casa o cobiçado prémio de 35 mil euros.

A carregar vídeo...

Quanto ao seu futuro, a jovem baterista já sabe que vai passar pelo mundo da música. “Quero tocar em muitos sítios ou numa banda a sério”. Não pensei muito nisso, mas quero ser baterista quando crescer”, confidenciou após a sua vitória.