Ana Bola sobre opinião de Maria Vieira: “É como ir ver a mulher barbuda ao circo”

Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

O clima volta a estalar entre Maria Vieira e Ana Bola. A primeira utilizou o Facebook para opinar sobre a onda de frio que se tem feito sentir nos Estados Unidos e as alterações climáticas. A segunda chamou a atenção para esse “fait divers”.

Uma “trafulhice inventada pelas elites económicas e sociais, fomentadas e lideradas por canalhas e mentirosos como George Soros, Al Gore, Barack Obama e toda aquela corja de criminosos que ocupam as cadeiras da ONU”, escreve Maria Vieira no Facebook sobre as alterações climáticas, a propósito da onda de frio que atinge por estes dias os Estados Unidos.

Ana Bola não resistiu a partilhar no seu perfil da mesma rede social a opinião de Parrachita, como é tratada, apelidando-a de “um fait divers que merece ser lido”. “É como ir ver a mulher barbuda ao circo”, acrescentou a atriz de “DDT – Donos Disto Tudo”, da RTP1.

Numa das respostas aos vários comentários que recebeu, incluindo de Eduarda Abbondanza, fundadora e diretora da ModaLisboa, e ainda do ator Pêpê Rapazote, Ana Bola esclarece que, mais do que a opinião de Maria Vieira, incomoda-a a forma “ressabiada, invejosa, raivosa” como esta escreve. “Até se pressente a espuma aos cantos da boca”, completa.