Incêndios: André Silva e João Mário visitam escola em Leiria num gesto solidário

Os jogadores da seleção visitaram uma escola em Leiria que ficou parcialmente destruída pelo fogo, numa iniciativa solidária que antecedeu o jogo desta noite com os Estados Unidos.

A seleção portuguesa prepara-se para jogar esta terça-feira frente aos Estados Unidos no segundo jogo amigável de preparação para o Mundial de 2018. As receitas geradas pelos jogos têm revertido a favor das populações mais afetadas pela tragédia dos incêndios dos últimos meses e os jogadores não se cansam de demonstrar a sua solidariedade para com as vítimas.

Na véspera de pisarem o relvado, André Silva e João Mário foram até à escola secundária José Loureiro Botas, em Vieira de Leiria, uma das zonas mais afetadas pelos incêndios. Num gesto de solidariedade, os jogadores reuniram-se com crianças e adolescentes e partilharam experiências, tiraram “selfies”, deram autógrafos e ofereceram aos jovens bilhetes para a partida que eles próprios compraram.

Os jogadores não ficaram indiferentes à paisagem devastada pelas chamas e, embora saibam que não podem resolver o problema, procuram com este gesto alegrar quem viveu a tragédia de perto e por ela foi afetado de alguma forma: “Não há palavras para descrever a destruição que vimos à nossa volta no concelho de Leiria. Fomos até uma escola secundária onde as chamas estiveram tão próximas que até o campo de futebol ardeu. Não resolverá todos os problemas, mas quisemos oferecer bilhetes às crianças e, talvez, dar-lhes alguma alegria”, escreveu João Mário na sua mais recente publicação do Instagram.

“Contamos com todos para encher o estádio e ajudar estas famílias que precisam de nós”, apelou o futebolista, uma vez que os bilhetes para o encontro ainda não estão esgotados.

TEXTO: Mafalda Santos