Caça aos elefantes. Daniela Ruah junta-se a Ellen DeGeneres contra Trump

A atriz portuguesa está ao lado da apresentadora norte-americana no movimento que combate a intenção de Donald Trump de reverter uma decisão de Obama que proibia a realização de troféus de caça de elefantes, mortos no Zimbabué e na Zâmbia.

“Obrigado Ellen DeGeneres Show por seres tu e por tudo o que representas”, escreveu este sábado Daniela Ruah na sua rede social Instagram, partilhando uma imagem publicada originalmente por Ellen, e a respetiva mensagem da apresentadora americana.

“Estou determinada a fazer algo sobre isso. Por favor, partilhem. Usem #BeKindToElephants e por todos os que os fizerem, faremos uma doação para The David Sheldrick Wildlife Trust [uma organização que tem como missão salvar a vida selvagem no Quénia]”, exortou Ellen.

https://www.instagram.com/p/BbnzW-WAFVF/?hl=pt&taken-by=danielaruah

O governo de Donald Trump tinha anunciado durante a semana que os caçadores de grandes animais poderão voltar a importar cabeças e outros troféus de caça de elefantes. A medida, que não chegou a entrar em vigor, está já a chocar a comunidade internacional, mas foi bem recebida pela família de Trump, já que os filhos do presidente, Donald Jr. e Eric, são eles próprios caçadores.

A proibição da realização de troféus de caça tinha sido decidida em 2014 pelo então presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Na sexta-feira, Trump informou que vai adiar a promulgação da lei que permite a importação de presas de elefantes africanos, até se concluírem os estudos que estão a ser feitos. Este compasso de espera da administração Trump está a ser entendido como um retrocesso na intenção do presidente.

TEXTO: Nuno Azinheira