Portugal continua a atrair estrelas de todo o mundo. Sabe quem é a próxima a mudar-se?

Depois de Madonna, Monica Bellucci, Michael Fassbender ou John Malkovich, há mais uma celebridade internacional a caminho de Portugal. Trata-se de Florent Pagny, de 55 anos, um dos maiores cantores franceses da atualidade.

O intérprete francês conhecido por temas como “Ma liberté de penser”, “Savoir aimer” ou “N’importe quoi” e também mentor da versão francesa do programa “The Voice”, assumiu numa das muitas entrevistas de promoção ao novo álbum, “Le présent d’abord”, que se vai mudar para Portugal “por razões fiscais”.

“Estou na fase de instalação na minha residência portuguesa”, admitiu ao jornal “Le Parisien”. “A vida é extraordinária lá. Mas vou também por questões fiscais. Toda a gente vai para Portugal por razões fiscais”, afirmou à mesma publicação. “Não há impostos sobre as heranças, não há impostos sobre a sucessão e não há impostos sobre a fortuna”. Foi assim que o artista justificou a sua vinda para Portugal. “Ainda não estou nessa fase mas acho essa parte simpática, admito”, remata.

“Uma pessoa trabalha a vida toda pagando sempre impostos e, no dia em que morre, ainda lhe ficam com metade. Não é uma vergonha?”, criticou, aproveitando para fazer um apelo ao presidente francês, Emmanuel Macron. “Mudem as regras para as pessoas regressarem”, pede Florent Pagny.

O cantor, que iniciou a sua carreira em 1987, é um dos artistas de maior sucesso em França, com mais de 15 milhões de discos vendidos.

TEXTO: Mafalda Carraxis