Rihanna chora morte de primo morto a tiro: “Vou amar-te para sempre”

Um primo da cantora Rihanna foi assassinado a tiro esta terça-feira, nos Barbados, país Natal da cantora. Rihanna tinha estado com o primo na noite anterior e apelou ao “fim da violência da com armas de fogo”.

Tavon Kaiseen Alleyne, de 21 anos, foi assassinado numa rua de Saint Michael, Barbados, numa zona próxima de sua casa, avança o site local Nation News.

Nas redes sociais, Rihanna partilhou várias fotografias na companhia do primo e lamentou a sua morte: “Descansa em paz, primo…Não consigo acreditar que ainda ontem à noite te segurei nos meus braços! Nunca pensei que fosse a última vez que sentiria o calor do teu corpo! Vou amar-te para sempre!” Além da mensagem de dor, a artista acrescentou a hashtag “fim da violência com armas de fogo”.

De acordo com a mesma publicação, o crime terá ocorrido “por volta das 19h” (locais). O primo da cantora foi atingido “múltiplas vezes”, tendo ainda sido “transportado num veiculo privado até ao hospital”, onde viria a morrer.

TEXTO: João Farinha