Há falhas que podem ser a “morte do artista”. O guarda-redes do Mainz, do campeonato alemão, foi o protagonista de um episódio caricato no jogo deste sábado. Ainda assim, podia ter sido pior…

Bolas que passam entre as pernas, que batem no poste e depois nas costas e entram na baliza, ou que saltam das mãos como se tivessem asas. Há de tudo no difícil mundo dos guarda-redes.

Há falhas e falhas e a de Robin Zetner, o guarda-redes do Mainz, no jogo deste sábado com o Borussia de Mönchengladbach, vai entrar para a história das mais anedóticas.

Zetner preparava-se para repor a bola em jogo quando, sem se aperceber, o esférico passou para trás de si e acabou a chutar o relvado em vez da bola.

Assim que o jogador da equipa adversária se apercebe da falha do guarda-redes, tenta de imediato roubar a bola para marcar golo, mas, ainda que com alguma dificuldade, Robin conseguiu resolver a situação, evitando assim aquele que podia ser considerado um grande “frango”.

TEXTO: Mafalda Santos