Casamento gay na família real britânica. Primo da rainha vai casar-se e é a ex-mulher que o leva ao altar

Um primo da rainha Isabel II vai protagonizar em breve o primeiro casamento gay da história da família real britânica. Ivar Mountbatten assumiu-se como homossexual há dois anos, tem três filhas e é a ex-mulher que o vai levar ao altar.

A família real vai assistir no final do verão ao primeiro casamento entre um dos seus membros e uma pessoa do mesmo sexo. Ivar Mountbatten, de 55 anos, encontrou o amor ao lado do diretor de serviços aéreos James Coyle, de 56, que conheceu numa estância de esqui na Suíça.

O casamento vai decorrer numa capela privada em Devon, sul de Inglaterra, e é a ex-mulher de Ivar que o vai levar ao altar. Em entrevista ao “Daily Mail”, Penny Mounbatten explicou que a ideia foi das três filhas do ex-casal: “Foi ideia das meninas. É algo que me deixa emocionada, fiquei muito sensibilizada.”

Penny diz ter uma ótima relação com o noivo de Ivar e vê o ex-marido, de quem está separada há oito anos, como uma pessoa muito mais feliz desde que assumiu a sua orientação sexual. “Acho que ele não percebeu o quanto mudou desde que se assumiu. O James tem uma enorme responsabilidade nisso”, sublinha.

Ivar sempre foi honesto com a ex-mulher acerca da sua orientação, tendo-lhe dito que era bissexual antes de a pedir em casamento. Apaixonada, Penny não recuou por considerar que o amor “ultrapassa tudo”.

TEXTO: João Manuel Farinha