Chris Brown pode ser preso por ter um macaco de estimação em casa sem licença

Chris Brown poderá ter novamente problemas com a justiça por ter um macaco-prego como mascote, o que é ilegal na Califórnia. O cantor não tem uma licença para ter o animal em casa.

Quando, em dezembro passado, Chris Brown, de 28 anos, partilhou no seu Instagram um vídeo em que a filha, Royalty, de 3, surge a brincar com um pequeno macaco, já se adivinhava que o cantor não teria a vida facilitada.

O ex-namorado de Rihanna recebeu milhares de comentários desagradáveis e que condenavam o facto de o cantor ter um macaco em casa, mas os críticos não se ficaram por aqui. Em quase dois dias, o Serviço de Pescas e Vida Selvagem da Califórnia (CDFW), a entidade responsável por proteger a fauna, a vida selvagem, a flora e os habitats nativos daquele estado, recebeu “cerca de uma dúzia de queixas sobre o incidente”, avançou o E! News.

Agora, o site TMZ garante que o CDFW obteve um mandado de busca e revistou a propriedade de Chris Brown, que cooperou e pediu a alguém do seu staff que entregasse Fiji (o macaco) às autoridades. O caso passará para as mãos da Procuradoria de Los Angeles para o próximo passo do processo, que não será pacífico para o cantor.

De acordo com o mesmo site, Chris Brown poderá ser acusado de “ter uma espécie restrita sem licença”, um delito que pode custar-lhe seis meses na prisão.

Recorde-se que esta não é a primeira vez que Chris Brown tem problemas com a justiça. Em 2009, o cantor foi condenado por ter agredido a então namorada, Rihanna, e ficou em liberdade condicional e proibido de se aproximar da cantora.

TEXTO: Mafalda Carraxis