Produtor de “A Guerra dos Tronos” à frente do quinto spin-off da série épica

Sophie Turner como Sansa Stark

Bryan Cogman vai estar à frente da produção da quinta spin-off de “A Guerra dos Tronos”. O produtor e argumentista, que está na série original desde o início, regressará assim com a sua contribuição.

A notícia foi avançada pela HBO, que já tinha confirmado as informações dadas pelo próprio George R.R. Martin. O autor da saga literária “As Crónicas de Gelo e Fogo”, nos quais “A Guerra dos Tronos” se baseia, veio esclarecer no seu blogue que estão a ser preparadas cinco e não quatro spin-off da série.

Bryan Cogman, produtor e argumentista deste épico desde a sua primeira temporada, em 2011, junta-se novamente ao autor para trabalhar numa das histórias derivadas. Ainda não se sabe ao certo quais os enredos que serão adaptados para a televisão, mas Martin garantiu que todos serão prelúdios dos acontecimentos de “A Guerra dos Tronos” e que todas as cinco histórias em pré-desenvolvimento serão ambientadas no universo secundário de Westeros e do mundo além da muralha.

Apesar dos elogios rasgados por parte do escritor norte-americano ao trabalho de Cogman, a opinião não é unânime no que diz respeito aos fãs da série. A polémica surgiu em vários episódios controversos das temporadas quatro, cinco e seis, onde surge o nome de Brian Cogman como produtor. As críticas centraram-se, entre outras, na cena em que Sansa Stark (Sophie Turner) é violada por Ramsay Bolton na sua noite de núpcias. A crueldade e o realismo impressos na representação chegaram a fazer com que a senadora do estado do Missouri liderasse, na altura, um boicote à série.