Série portuguesa vai ser adaptada nos Estados Unidos. Estreia está prevista para 2019

A série “AMNÉSIA”, produzida pela beActive Entertainment para a RTP no âmbito do projeto RTP LABS e exibida no ano passado nas plataformas digitais do operador público, foi licenciada para os Estados Unidos.

Em comunicado, a produtora de cinema e televisão portuguesa anuncia que o acordo foi firmado com a multinacional norte-americana Keshet Digital Studios, “focada na produção e distribuição de conteúdos digitais para as novas gerações”.

Com este negócio, a série portuguesa “AMNÉSIA” terá “uma futura adaptação da mesma ao mercado dos Estados Unidos e Canadá”, com estreia prevista para 2019. “Ainda não são conhecidos os atores que irão interpretar a versão norte-americana”, acrescenta a beActive Entertainment.

A produção lusa conta a história de uma blogger de sucesso que se prepara para lançar o seu primeiro livro e que, na manhã da publicação do seu romance, acorda com o seu namorado morto ao seu lado. O desafio de Joana, personagem interpretada pela atriz Ana Vilela da Costa, está em provar a sua inocência, enquanto lida com amnésia traumática, que apagou os acontecimentos do último ano.

Do elenco de “AMNÉSIA”, escrita e realizada por Nuno Bernardo, fizeram também parte nomes como Alda Gomes, Nuno Janeiro e Marco Costa.

A produtora recorda, na mesma missiva, que “o uso das plataformas digitais associadas à narrativa valeram a ‘AMNÉSIA’ a seleção para o painel ‘Fresh TV Around the World’ no MIPCOM de 2017 e uma nomeação como melhor formato multiplataforma nos ‘C21 Format Awards’ que decorreram em Cannes durante o MIPTV de 2018”.

Esta é a terceira série da referida empresa portuguesa a ser licenciada para os Estados Unidos, depois de “O Diário de Sofia” (RTP) ter sido vendida à Sony Pictures Television em 2006 e “Beat Girl” (SIC Radical) à Electus em 2013.

TEXTO: Dúlio Silva
FOTOGRAFIAS: Instagram