Julia Roberts escapou aos assédios em Hollywood. “Quase me sinto mal por dizê-lo”

A atriz Julia Roberts confessou numa entrevista ao canal NBC que sente que teve sorte por nunca ter passado por nenhuma situação de assédio ao longo da sua carreira.

A estrela de “Pretty Woman” esteve à conversa com Matt Lauer, no canal NBC, para promover o seu novo filme, “Wonder”, quando foi questionada sobre a onda de acusações de assédio que tem assolado a indústria cinematográfica norte-americana.

“É tão horrível de tantas maneiras diferentes…”, disse a atriz no programa “Today Show”, sobre as várias acusações que têm vindo a público nas últimas semanas em Hollywood. “Nunca tive essa experiência. Quero dizer, quase me sinto mal por dizê-lo, porque não sei por que é que me livrei disso. Oiço algumas destas histórias horríveis, e tenho uma filha… É desolador, mas não foi parte da minha história”, concluiu Julia Roberts.

Recorde-se que Julia Roberts participou em vários filmes da Miramax, a companhia presidida durante anos por por Harvey Weisntein, o principal nome nesta perseguição aos predadores sexuais, mas a atriz não relatou nenhuma experiência pessoal contra o “gigante” de Hollywood.

Recorde aqui uma das cenas de “Pretty Woman” (1990), o primeiro sucesso de Julia Roberts, em que contracena com Richard Gere.

A carregar vídeo...

TEXTO: Ana Filipe Silveira