Luísa Castel-Branco torna-se youtuber. Este é o seu primeiro vídeo… sobre “coisa nenhuma”

Aos 63 anos, enfrenta um novo e estimulante desafio na sua vida. Luísa Castel-Branco encontrou na plataforma de vídeos YouTube um novo escape para a comunicação. O canal já está disponível ao público.

Sofre de uma doença degenerativa há mais de vinte anos, de nome Hidradenite Supurativa. Uma crise nesta dura batalha quase a levou a desistir de tudo. Da televisão, da comunicação, do espetáculo. Mas não o fez. Em dois anos, a escritora Luísa Castel-Branco desenvolveu um projeto, que agora se torna disponível para todos. E na Internet.

Mais concretamente no YouTube, onde desde esta manhã está publicado o primeiro vídeo no canal “Luísa, Especialista em coisa nenhuma”. O nome diz tudo. “A única coisa que eu tenho é a escola da vida. Mais nada”, afirmou, na emissão desta terça-feira do programa “Você na TV”, da TVI, a mãe da atriz Inês Castel-Branco, justificando assim a escolha da designação do seu novo projeto.

“Não percebo nada do mundo do YouTube… É um mundo alternativo a este [ao real] e permite-me falar do que quero, com quem quero e como quero. Ali, posso fazer de tudo, sobre tudo e quando me apetecer”, referiu a escritora, em conversa com o amigo de longa data Manuel Luís Goucha.

Em “Luísa, Especialista em coisa nenhuma”, os internautas vão ter acesso a vídeos “com notas de humor em doses certas”, dadas pela protagonista do canal em que “se pode esperar tudo”. “Mesmo tudo. Mas sem riscos”, alerta a escritora, na descrição do espaço no YouTube.

Na mesma nota, pode ainda ler-se que esta “é uma plataforma digital com o objetivo de orientar os seguidores a viverem melhor e com mais qualidade”, na qual “Luísa Castel-Branco ajuda a refletir sobre a vida em geral: a existência num mundo em que as pessoas estão cada vez mais próximas e, paradoxalmente, mais distantes. Um mundo cheio de atribulações, em que há cada vez menos espaço para o diálogo e para a ponderação.”

O primeiro vídeo já está disponível e nele Luísa responde à questão “Mas o que é que eu estou aqui a fazer?!”. Veja-o de seguida:

Paralelamente, Luísa Castel-Branco mantém-se no painel de comentários do programa “Passadeira Vermelha”, da SIC Caras. Há um mês, a escritora e Joana Latino protagonizaram uma discussão em direto e que terminou com a primeira a pedir à jornalista que resolva o seu “problema de não ter filhos na psicanálise”.

Contactada pela N-TV, Luísa esclareceu o episódio. Saiba tudo clicando aqui.

TEXTO: Dúlio Silva