Cantor Ruben Aguiar recorda drama: “Na prisão tive de aprender a sobreviver”

Fotografia: Instagram/Ruben Aguiar

Entrevistado por Manuel Luís Goucha, Ruben Aguiar, que está a ser acusado de tentativa de homicídio, contou sobre o episódio e a vida na prisão.

Ruben Aguiar está a ser acusado de tentativa de homicídio, após uma discussão com um homem de 55 anos num posto de combustível em Alcochete. O cantor está em prisão domiciliária, a aguardar o julgamento, e recebeu Manuel Luís Goucha para uma entrevista.

“Vim para dentro do carro. O homem, não contente, passa em frente ao meu carro e ao aperceber-se que eu ia arrancar, começa-me a dar murros outra vez, já do lado direito do carro. Eu entrei em pânico e decidi ir embora. Não me apercebi que passei por cima do pé, única e exclusivamente do pé, porque nas filmagens que se tem só passo por cima do pé”, começou por relembrar.

“O homem não teve um único segundo em perigo de vida, porque efetivamente também no vídeo vê-se ele a tentar levantar-se”, acrescentou.

Ruben também contou sobre a vida na prisão, no Estabelecimento Prisional do Montijo, quando foi colocado em prisão preventiva.

“Quando a minha mulher ia-me visitar, eu tinha que ficar todo nu em frente aos guardas e ainda fazer agachamentos”, contou. “Sobreviver” é a palavra que utilizou para caracterizar a sua vida enquanto encarcerado.