Fez-se história na realeza britânica! Um dos guardas da rainha Isabel II usou turbante na parada militar

Em tempos entendida por muitos como uma Casa Real conservadora, a realeza britânica tem superado preconceitos ao longo do reinado de Isabel II. Este sábado, fez-se história com um dos guardas a usar turbante nas comemorações oficiais do 92.º aniversário da rainha.

Chama-se Charanpreet Singh Lall, tem 22 anos e é o mais recente rosto que atesta a evolução dos tempos na monarquia do Reino Unido. No tradicional desfile anual Trooping the Colour, que se realizou, este sábado, em Londres e que assinalou os 92 anos da rainha Isabel II, o jovem tornou-se no primeiro membro da Coldstream Guards a usar turbante na parada militar.

“Ser o primeiro sikh a vestir um turbante na Trooping the Colour e fazer parte da escolta é uma grande honra para mim e, espero, também para todos os outros”, afirmou Lall, em declarações prestadas à BBC, acrescentando que deseja que as pessoas “apenas vejam isto como uma nova mudança na história”.

Nascido em Punjab, na Índia, Charanpreet Singh Lall emigrou para o Reino Unido em criança, tendo ingressado nas forças armadas britânicas há dois anos. No futuro, diz, espera “que mais pessoas” como ele, “não apenas siques mas de outras religiões e origens diferentes, sejam encorajadas a unirem-se ao exército.”

TEXTO: Dúlio Silva