“Felizes, honradas e entusiasmadas”. As reações das “quatro mulheres da Eurovisão”

Filomena Cautela, Sílvia Alberto, Daniela Ruah e Catarina Furtado

Depois de três homens em Kiev, na Ucrânia, quatro mulheres em Lisboa, Portugal. Daniela Ruah, Catarina Furtado, Filomena Cautela e Sílvia Alberto foram as escolhidas pela RTP para a condução do primeiro Festival Eurovisão da Canção realizado no nosso País. Mulheres ao poder: as reações não tardaram…

“Estou tão, mas tão entusiasmada”, diz Daniela Ruah num vídeo publicado nas redes sociais e no qual fala primeiro em inglês e, depois, em português. “Estou super contente por fazer parte deste projeto, porque vai ser um estrondo”, diz a atriz da série norte-americana “Investigação Criminal: Los Angeles”. Daniela apela ainda para que ninguém perca a Eurovisão a realizar em Lisboa nos dias 8, 10 e 12 de maio.

A carregar vídeo...

Catarina Furtado partilhou a fotografia oficial com as colegas e manifestou a “honra” que sente por poder apresentar a 63ª Final do Festival Eurovisão da Canção. “[É] Um evento histórico, com milhões de seguidores no mundo inteiro! De Portugal para o mundo, juntamente com Daniela Ruah, Filomena Cautela e Sílvia Alberto. Quatro mulheres em palco e atrás uma maravilhosa equipa da RTP que começou a trabalhar nesta emissão tão especial no momento em que o Salvador Sobral foi anunciado vencedor. Estou muito feliz”, declarou.

Filomena Cautela também não escondeu o seu entusiasmo, descrevendo o “desafio” como um dos maiores da sua carreira. “Serei uma das apresentadoras da Eurovisão e será evidentemente o maior evento que alguma vez fiz no meu caminho. Obrigada a todos os que ao longo destes meses foram mostrando a vontade que eu estivesse por lá. Fico honrada e mega excitada, confesso”.

Sílvia Alberto, que tem estado desde este domingo, dia 7, a gravar as audições para o “Got Talent Portugal” no Coliseu de Lisboa, diz-se “mesmo muito feliz”! “Desde 2008 que apresento o Festival da Canção. Viajei com a delegação portuguesa e vi o palco arrebatador do concurso mais antigo da Europa bem de perto a partir da cabine de locução. Sonhei com a vitória portuguesa. Agora, precisamente 10 anos depois, subo ao palco da Eurovisão ao lado das talentosas Filomena Cautela, Daniela Ruah e Catarina Furtado”, escreveu nas redes sociais.

TEXTO: Ana Filipe Silveira