Detido um suspeito do homicídio de XXXTentacion. Rapper morreu baleado numa rua de Miami

O departamento da polícia de Broward County, na Florida, Estados Unidos, deteve um jovem, alegadamente suspeito de ter morto a tiro, no passado dia 18, o rapper XXXTentacion a norte de Miami.

Dedrick D. Williams. O nome é a única informação sobre o autor do homicídio de XXXTentacion, nome artístico de Jahseh Dwayne Onfroh. O rapper foi assassinado no passado dia 18, quando abandonava uma loja de motociclos no norte de Miami.

Apesar de a polícia de Broward County, na Florida, EUA, não ter confirmado a detenção nem que esta está relacionada com o homicídio, a imprensa norte-americana avança que Williams foi preso por esse crime e por outros ocorridos na mesma zona.

Recorde-se que, depois de ter sido baleado, o cantor ainda foi transportado em estado de coma para uma unidade hospitalar localizada na região de Fort Lauderdale, perto daquela cidade, mas acabou por não resistir aos ferimentos.

Já o site TMZ revela que a mãe de XXXTentacion, cujo funeral aconteceu esta terça-feira, confirmou a detenção de uma pessoa relacionada com a morte do filho. Não adianta, contudo, a sua identidade.

Além do alegado homicídio, Dedrick D. Williams enfrenta ainda acusações de roubo e violação de liberdade condicional.

Lembre-se que, no mesmo dia, ainda o mundo da música chorava a morte de XXXTentacion, o também rapper norte-americano Jimmy Wopo, de 21 anos, foi morto depois de ter sido alvejado na sequência de um conflito no bairro de Middle Hill, em Pittsburgh, de onde era natural.

TEXTO: Ana Filipe Silveira